Não importa o lugar do corpo: ser surpreendido por uma cãibra muscular é sempre uma situação ruim, logo bate o desespero de não saber o que fazer para cessar a dor. A boa notícia é que isso está prestes a mudar! Neste artigo, te ajudamos a entender melhor o que é cãibra, quais são as estratégias para aliviar as fisgadas e como preveni-las.

O que é cãibra?

A cãibra, ou câimbra, é resultado da contração involuntária de um determinado músculo que ocorre de forma repentina. Em um segundo está tudo bem e, no outro, surge um espasmo que causa uma dor forte e intensa na região afetada, que fica “travada” até o episódio passar.1

Ao apalpar a área muscular acometida pela cãibra, é provável que se perceba uma espécie de “nó” no local. Todo esse inconveniente se estende por alguns segundos ou minutos2, que às vezes parecem durar uma eternidade, não é mesmo?

Lugares comuns para cãibra

As cãibras atingem qualquer músculo que esteja sob controle voluntário. As repuxadas pegam o músculo inteiro ou parte dele, ou até mesmo vários músculos de um grupo.1

Veja quais são as partes do corpo em que elas mais aparecem:

  • panturrilhas;1
  • parte posterior da coxa;1
  • parte da frente da coxa;1
  • pés;1
  • mãos e braços;1
  • abdômen;1
  • caixa torácica.1

O que causa cãibra?

Uma vez entendido o que é cãibra, vamos às causas do problema. Para começar, é importante esclarecer que, de acordo com a Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos, o motivo exato pelo qual ela dá as caras ainda permanece desconhecido.1

Apesar disso, há uma série de hipóteses discutidas entre os pesquisadores do tema.1 Dentro desse contexto, listamos o que pode causar cãibra:

Alongamento inadequado

Os músculos são formados por feixes de fibras que se contraem e se expandem para produzir movimento. Pular a etapa do alongamento antes de praticar atividades físicas é um empecilho para que essas fibras musculares se movimentem de forma otimizada durante os exercícios, o que favorece as cãibras.1

Fadiga muscular

Quando o corpo está mal condicionado, é provável que sinta fadiga nos músculos após uma sessão de exercícios, o que pode alterar a atividade reflexa neural espinhal.1

E o esforço excessivo depositado em atividades mais exigentes esgota o suprimento de oxigênio do músculo, acarretando o acúmulo de resíduos e espasmos dolorosos. E aí, quando a cãibra começa, a medula espinhal estimula a musculatura a continuar se contraindo.1

Calor, desidratação e esgotamento eletrolítico

O risco de ter cãibras musculares é maior ao se exercitar em climas quentes. Isso porque a suadeira nos faz perder fluidos, sais e minerais do corpo, como potássio, cálcio e magnésio.1

Homem tirando o suor da testa com o braço

Aí, a perda de nutrientes acaba resultando nesse fenômeno.1 Afinal, o tecido muscular depende, em parte, dessas substâncias para se contrair e relaxar.3

Outros fatores que contribuem para o surgimento das cãibras incluem:

  • tensão muscular;3
  • dieta inadequada;3
  • usar sapatos de salto alto por longos períodos;3
  • tomar certos medicamentos, como diuréticos e estatinas;1
  • sobrepeso.1

Uma curiosidade interessante é que os atletas de resistência, como maratonistas e triatletas, sabem muito bem o que é cãibra, já que o desconforto é bastante comum entre esse grupo.1 Os mais velhos também costumam ser vítimas das cãibras.1

Para os atletas, as cãibras costumam vir na pré-temporada, quando o corpo não está condicionado e, portanto, mais sujeito à fadiga, como comentamos ali em cima. As contrações surgem perto do final do exercício intenso ou mesmo algumas horas depois.1

Já os mais velhos podem sofrer com esse mal por causa da perda normal de musculatura que acontece a partir dos 40 anos. Conforme envelhecemos, os músculos não conseguem trabalhar tanto e nem reagir tão rápido quanto antes.1

O que é bom para cãibra?

Será que existe remédio para cãibra? Na hora que ela vem com tudo, como conter a dor? Separamos algumas dicas sobre o tema.

Alongamento e massagem

Começou a sentir cãibras? Então pare de fazer a atividade que a desencadeou, se for o caso. Na sequência, comece a alongar e a massagear suavemente o músculo acometido, mantendo-o em uma posição esticada até que a crise passe.1

Compressas

A Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos sugere aplicar uma bolsa de calor nos músculos tensos ou fazer compressa fria quando a musculatura estiver dolorida e sensível.1

Procurar o médico

Se você sente cãibras regularmente, o ideal é consultar um especialista para pesquisar a origem dos espasmos dolorosos. Evidências científicas apontam o uso de bloqueadores dos canais de cálcio como remédios para cãibra possivelmente eficazes em determinadas situações.4

Já os anti-inflamatórios e analgésicos não são considerados remédios para cãibra e não têm nenhuma utilidade no tratamento.5

No final das contas, o cenário completo deve ser analisado com cautela pelo profissional que o acompanha, para que o tratamento correto seja definido.

Como evitar cãibra

Falamos sobre o que é cãibra e o que é bom para o momento em que a dor aparece. Agora é hora de conversarmos sobre as melhores táticas de prevenção — desde comer banana6 até suplementar vitaminas para evitar cãibras, quando aconselhado pelo médico.4

Mulher separando uma banana da penca na cozinha

Preste atenção em todas as medidas para evitar cãibras:

  • trabalhe para melhorar o condicionamento físico;1
  • faça exercícios de aquecimento (como correr lentamente sem sair do lugar) antes do alongamento;1
  • incorpore alongamentos regulares na rotina de exercícios;3
  • beba água antes, durante e após as atividades físicas3 (lembra que a desidratação causa cãibra?);1
  • aumente a ingestão de potássio. A banana, rica nesse mineral, é um dos alimentos que devem ser consumidos com frequência para não se tornar alvo das cãibras;6
  • além de comer banana, reabasteça o organismo com outras fontes de eletrólitos, como iogurte, lentilha e espinafre;1
  • quando necessário e indicado, o médico pode prescrever o uso de vitaminas para evitar cãibras. Segundo uma publicação da Harvard Medical School, existem algumas evidências de que aquelas do complexo B, como a B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12 auxiliam no quadro.4

E então, conseguimos te ajudar a compreender o que é cãibra e todas as particularidades que a envolvem?

Você também pode gostar de saber…

Dezembro/2023. MAT-BR-2400938

Dorflex Max
Indicação: Dor no Corpo
Dorflex Caixa

2x mais relaxante muscular

Dorflex Comprimidos
Indicação: Dor no Corpo
Dorflex Caixa

Age na dor e relaxa a tensão muscular5

Dorflex Gotas
Indicação: Dor no Corpo

Age na dor e relaxa a tensão muscular5

{{card.tag}}

{{card.title}}

{{card.description}}

Ficou com alguma dúvida ainda?